Notícias

Uma coleção de notícias e conteúdos especialmente elaborada para gestores de condomínio.

Condomínio econômico

Em condomínio ‘econômico’, cota paga por morador é de R$ 95 em SP

Estudo da Lello mapeou valores médios de condomínios conforme tipo de empreendimento

A cidade de São Paulo conta com aproximadamente 120 condomínios residenciais “econômicos”, em que o valor médio da cota paga pelos moradores é de R$ 95 por mês.

O número de empreendimentos desse tipo, no entanto, representa apenas 0,6% dos condomínios de apartamentos na cidade, segundo levantamento da Lello, empresa líder em administração condominial no Estado.

Projetados para atender à demanda da classe C, os condomínios econômicos possuem, no geral, duas torres, média de 120 apartamentos, piscina e churrasqueira.

O estudo mapeou os valores médios das cotas de condomínios conforme o tipo de empreendimento residencial existente na cidade. Dos 21 mil condomínios residenciais, 15,1 mil (71,9%) são considerados “clássicos”, ou seja, uma torre, média de 64 apartamentos, dois elevadores e seis funcionários. O valor da cota nesses condomínios é de R$ 487 por mês.

Os condomínios denominados “grandes conjuntos”, com três ou mais torres, somam 1.350 em toda a cidade. Nesses locais a cota média é de R$ 250 por mês. Há 830 empreendimentos considerados de alto padrão, onde o condomínio mensal médio é de R$ 1,3 mil. Outros 650 são do tipo “clube”, com condomínio de R$ 586, em média.

“Na última década houve uma grande diversificação dos tipos de empreendimentos residenciais erguidos na cidade de São Paulo, com opções para todos os gostos e bolsos. Os condomínios clássicos ainda prevalecem, embora em menor proporção do que antigamente”, observa Angélica Arbex, gerente de Relacionamento com o Cliente da Lello Condomínios.

Compartilhe esta página

Últimas notícias